• Administrando a Vida
  • Não tenho experiência: o que colocar no curriculo?

    Como fazer um currículo se eu nunca trabalhei, o que colocar? Esse é o dilema de quem nunca trabalhou e precisa fazer um currículo para seu primeiro emprego. 

    Nesse caso é bem simples: não há muitas informações para serem preenchidas, mas o padrão precisa ser mantido.

    Você vai respeitar a estrutura padrão do currículo, colocar os títulos, preencher os dados pessoais e a escolaridade. No campo objetivo você deve ter um tipo de trabalho no qual gostaria de trabalhar em mente, então preencha esse campo. No campo cursos, se nunca fez nenhum, a dica é fazer algum antes de elaborar seu primeiro currículo, mesmo que seja via EAD ou numa instituição numa cidade onde você mora, do contrário, não mencione esse título cursos, é melhor deletá-lo do que deixá-lo em branco.

    A pergunta que não quer calar é o que colocar no campo experiência, e, como não existe um consenso, minha dica é a seguinte: redija duas ou três linhas explicando que você ainda não teve nenhuma experiência de trabalho e que gostaria muito de uma oportunidade. Se quiser ser mais objetivo, redija algo do tipo “em busca do meu primeiro emprego ou da minha primeira experiência no mercado de trabalho”. Outra solução é pensar se realmente você nunca trabalhou em nada, creio que toda experiência de trabalho sobretudo para buscar o primeiro emprego seja válida: se você já tomou conta de alguma criança, já levou e buscou o filho da vizinha na escola, já ajudou seu pai a fazer alguma manutenção na casa ou ajudou sua tia a cortar pontas de linhas da facção dela… O que estou tentando dizer é que se você já fez qualquer atividade em que você foi remunerado, mesmo que sem registro em sua carteira profissional, que demonstre que você é uma pessoa responsável e que assume compromissos demonstrando ser uma pessoa confiável, você já tem uma experiência pelo menos para seu primeiro currículo. Mas atenção: não minta, não aumente e não invente! Outra solução, na minha opinião a melhor solução e que todas as pessoas podem fazer é listar trabalhos voluntários que você já fez, mesmo que não remunerados. Se você nunca fez nenhum trabalho voluntário, vale a mesma dica de cursos profissionalizantes: faça algum antes de você procurar seu primeiro emprego, assim você vai começar a entender o que é realizar um trabalho e com certeza vai estar fazendo um bem para a sociedade e para você mesmo, tornando-se alguém melhor. Vale procurar ajudar uma ONG, um grupo de amigos, uma instituição filantrópica, seu bairro ou até mesmo uma igreja. O importante é que, além de ter uma experiência para citar no seu currículo você vai ajudar as pessoas e ver o quanto é bom ser útil, mesmo que sem remuneração financeira.

    A última dica para seu primeiro currículo é aumentar um pouquinho o tamanho da fonte das letras, aumentar o espaçamento entre linhas, estreitar as margens, ou seja: já que as informações são poucas, aproveitar bem os espaços para que elas fiquem esteticamente bem distribuídas em uma folha.

    No mais boa sorte em seu primeiro emprego, faça cursos e trabalhos voluntários e seja bem-vindo ao mundo do trabalho! 

    Share Button

    Deixe uma resposta