• Administrando a Vida
  • Análise Gráfica – Ferramenta de Planejamento

    grafico-administrando-a-vida

    Hoje vamos falar da ferramenta Análise Gráfica e sua utilização na administração.

    Um gráfico é uma representação visual de dados e, a partir de sua interpretação, ou seja, de sua análise, podemos tomar decisões. Afinal, administrar é tomar decisões.

    De modo geral, nós administradores utilizamos muitos gráficos em nosso cotidiano nas empresas. Eles são muito utilizados não só no meio empresarial, mas em diversas outras profissões e no meio escolar.

    Porém, ao meu ver, utilizamos pouco a análise de gráficos em nossas vidas pessoais, ou seja, na administração da vida.

    Como professora, trabalho com análise de gráficos na disciplina de estatística básica nos cursos técnicos e, percebo que alguns alunos ainda tem uma certa rejeição aos gráficos, apesar de ter diminuído bastante ultimamente graças ao Enem que traz uma familiarização com os gráficos.

    Eu, particularmente, gosto de usar os gráficos na área de finanças pessoais. Fazendo um controle das finanças numa planilha simples de excel, dá para usar a função “inserir gráfico” e construir um gráfico com as informações que estão na planilha. Assim, se você elaborar um gráfico das suas despesas pessoais ou familiares, dá para ver em percentuais onde você está tendo mais despesas. A imagem abaixo mostra um gráfico setorial (ou de pizza) de despesas pessoais com percentuais fictícios:
    grafico-financas-pessoais

    Outra forma de usar o gráfico é na análise da roda da vida, como já falamos aqui no blog. Ao avaliar cada área da sua vida atribuindo uma nota de zero à dez e ligando os pontos de cada nota atribuída, dá para construir um gráfico de teia, digamos assim. A visão do gráfico preenchido nos permite observar qual área da nossa vida está mais desenvolvida ou qual está precisando de maior atenção, como podemos observar na imagem abaixo, onde as áreas preenchidas também são fictícias:

    ImagemImagem

    Das ferramentas que tenho apresentado aqui e que nos ajudam a administrar nossa vida pessoal, essa, em minha opinião é uma que usamos bem pouco, principalmente se você não estiver acostumado a usar nenhum método de organização. As duas formas de aplicação que citei são bem úteis, pelo menos para mim que uso com frequência. Então, mesmo se você não usa nenhum gráfico pessoal, pode testar esses dois, eu recomendo! Há outras formas de aplicação que podem ser bem específicas da realidade de cada pessoa. Tem um gráfico que é bem útil na administração do tempo, prometo mostrá-lo em outro post em breve!  😉

    Espero que este post lhe ajude a usar mais a ferramenta de análise gráfica no seu cotidiano, e que os gráficos lhe ajudem a tomar melhores decisões para sua vida!

    Me conte, por favor, nos comentários se você usa algum gráfico na sua vida pessoal?!

    Até mais!

     

     

    Share Button

    Deixe uma resposta