• Vida Aprendente
  • Falta um mês para o Enem!

    enem-administrando-a-vida

    Contagem regressiva para você, leitor, que vai fazer o Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio! Falta um mês para o dia da realização do exame em todo o país.

    O objetivo deste post é dizer que dá para se organizar, fazer um planejamento, traçar metas e estudar, mesmo que o tempo seja limitado.

    Queria dar algumas dicas, são dicas simples, mas espero que ajudem de alguma forma nessa reta final:

    1 – Não se desespere, ou melhor, acalme-se!

    O que você já estudou, você já estudou. Pense que, daqui para frente, o que estudar é lucro. Mesmo que você ache que falta muito conteúdo a ser estudado, não adianta chorar o leite derramado. Ficar se lamentando só alimenta sentimentos ruins e que desmotivam mais ainda os estudos enquanto o tempo está passando. Continue estudando, continue dedicando-se e mantenha sempre a calma. Sei que é difícil manter a calma, mas, quando perceber que a ansiedade está batendo, pare um pouquinho, respire fundo, retome o foco e concentre-se no que está estudando no momento.

    2 – Não se compare com o outro, saia da armadilha da grama do vizinho

    Fulano já estudou a matéria toda. Ciclano está em um super cursinho preparatório. Todo mundo está mais adiantado que eu. Já passou pensamentos deste tipo na sua cabeça? Se não, ótimo! Se sim, não deixe passar mais, o que passou, passou! Você não é fulano, não é ciclano, não é todo mundo. Você é único, e só você é você! Não se compare com os outros, cada um tem seu ritmo, cada um tem sua realidade. Já ouviu a expressão “a grama do vizinho é mais verde”? Não caia nessa armadilha emocional, foque na “sua grama” ou seja, na sua preparação, no seu estudo.

    3 – Foco, foco e foco! Tenha foco!

    Palavra citada nas duas dicas anteriores, e se eu tivesse que dar apenas uma dica, seria essa: foco! Foco significa prestar atenção naquilo que está fazendo no momento (no caso o estudo), concentração, determinação. É não se distrair com tudo que acontece em sua volta. Só você sabe o quanto você realmente precisa se esforçar para alcançar seu objetivo então, fique firme em sua prioridade e deixe passar o que passa, deixe para depois o que pode ficar para depois, inclusive o que pode ser mais atrativo que seu estudo principalmente quando você deve estar se sentindo cansado e fadigado, doido para se distrair um pouquinho. E Por falar em se distrair um pouquinho, vamos à próxima dica.

    4 – Faça pequenas pausas

    Por mais que você queira estudar muito, não adianta querer que um mês vire dois. Estudar muitas horas depois de estar cansado não rende. Virar a noite estudando, e passar o dia todo com sono também não rende.  Estude com qualidade! Claro que se estiver cansado, vale a pena se esforçar para estudar um pouco mais. Mas é um pouco, ao perceber que não está absorvendo bem o conteúdo ou que o raciocínio já não está tão ágil é hora de parar. Portanto defina horários: vou estudar tal matéria de tal hora a tal hora. De hora em hora ou de duas em duas horas faça uma pequena pausa, vá ao banheiro, tome água, lave o rosto, enfim, dê uma paradinha e retome os estudos. Se sentir necessidade de se distrair um pouquinho e achar que tem espaço na sua agenda de estudos do último mês, faça isso. Mas seja sincero com você mesmo e ouça sua consciência, para depois não se sentir culpado: “Estou me divertindo e deveria estar estudando”.  Se estiver tudo sob controle não há porque se sentir culpado em se distrair um pouco.

    5 – Organize-se e trace metas

    Se você não fez isso antes, é o último minuto do segundo tempo para fazer: Crie um cronograma de estudos semanal, você tem quatro semanas. Se começar já, ainda sobrará uns dias para margem de segurança ou para relaxar um pouco na véspera da prova. Nessas quatro semanas, quantos períodos (manhã-tarde-noite) livres você tem? Considere de quatro a cinco horas de estudos para cada período, duas matérias por período, cerca de duas horas, duas horas e meias cada matéria. Quantas matérias são possíveis estudar? Note que é questão de possibilidade e não de quantas de fato faltam. Suponhamos que você só tenha um período mínimo disponível, quatro horas por dia, o que dá vinte horas de segunda à sexta-feira, oitenta horas no mês. Um mês passa rápido, mas com foco dá para estudar muito! Trace sua meta, quais matérias vai estudar? Se precisar de tempo extra para atingir a meta que traçou, tem o sábado e domingo que não entraram na conta das horas!

    E para ajudar mais ainda, vou deixar aqui um modelo simples de cronograma para você montar o seu!

    Bons estudos e me conte aqui nos comentários depois do Enem se este post foi útil! Me conte depois da prova, o foco agora é estudar, hein?

    Até mais!

    Cronograma Enem Administrando a Vida
    Cronograma Enem Administrando a Vida
    Share Button

    Deixe uma resposta