• Vida Motivada
  • História para acordar: A fábula do cavalo-marinho

     

    enhanced-28760-1415053184-2
    Fonte

    Há histórias que nos ajudam a dormir, há histórias que nos ajudam a acordar! Para fechar mais uma semana falando de Direção, Objetivos e Metas aqui no blog, temos a fábula do cavalo-marinho:

    A fábula do cavalo-marinho (Robert Mager)

    Certa vez um cavalo-marinho pegou suas economias e saiu em busca de fortuna. Não havia andado muito quando encontrou uma águia que lhe disse:
    __ Bom amigo, para onde vai?
    __ Vou em busca de fortuna! respondeu o cavalo-marinho com muito orgulho.
    __ Está com sorte! disse a águia – pela metade do seu dinheiro deixo que leve esta asa, para que possa chegar mais rápido.
    __ Que bom! – disse o cavalo-marinho.
    Pagou-lhe, colocou a asa e saiu como raio. Logo encontrou uma esponja, que lhe disse:
    __ Bom amigo para onde vai com tanta pressa?
    __ Vou em busca de fortuna!
    __ Está com sorte! disse a esponja
    __ Vendo-lhe este scootter de propulsão por muito pouco dinheiro, para que chegue mais rápido.
    Foi assim que o cavalo-marinho pegou o resto do seu dinheiro pelo scootter e sulcou os mares com velocidade quintuplicada. De repente encontrou um Tubarão que lhe disse:
    __ Para onde vai, meu bom amigo?
    __ Vou em busca de fortuna!
    __ Está com sorte! Se tomar esse atalho, disse o tubarão apontando para sua imensa boca, ganhará muito tempo.
    __ Está bem, eu lhe agradeço muito! disse o cavalo-marinho e se lançou ao interior do Tubarão, sendo devorado.
    Fonte: MAGER, Robert. Objetivos para o ensino efetivo. Rio de Janeiro, Senai – Departamento Nacional – Divisão de Ensino, 1972.p. XI.

    Esta fábula nos ajuda a refletir:

    • Será que estamos agindo como o “cavalo-marinho”?
    • Para onde você quer ir? Onde você quer chegar?
    • Lembre-se: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer direção serve”.

    Um bom final de semana e até mais!

    Share Button

    Deixe uma resposta